21 de agosto de 2016

Missões Jesuíticas em destaque nas Olimpíadas Rio 2016

Ao longo dos últimos dias, as olimpíadas voltaram os olhos do mundo para o Brasil. E as Missões estiveram entre os destinos mais divulgados pelos jornalistas do mundo todo. As Olimpíadas terminam hoje e em breve iniciam os jogos Paralímpicos, mas este legado de visibilidade e divulgação turística, histórica e cultural permanece.

A CNN selecionou os 20 lugares para se conhecer no território brasileiro, e as Missões foram citadas entre os top 20. Esta lista e diversas outras ganharam o mundo. "20 of Brazil's most beautiful places: A tour down the Rota das Missoes (Mission Route) means stepping back to the early decades of the 17th century to recall the work of the priests of Companhia de Jesus in their mission to evangelize natives in the south of the country. 

The Jesuit mission's cathedral dates to the mid-1700s and was built over a span of 10 years by hundreds of indigenous Guarani people. Everyday at nightfall, the Sound and Light Show tells the story of the rise and fall of the Guarani people and the Jesuit missions of San Miguel. 
São Miguel das Missoes, Road RS-536, Gio Grande do Sul; +55 3381 1294. More info: www.saomiguel-rs.com.br"(CNN: http://edition.cnn.com/2016/07/28/travel/beautiful-brazil/)



A CNN Espanha também destacou São Miguel das Missões (http://cnnespanol.cnn.com/gallery/los-20-lugares-mas-bonitos-de-brasil/)

O Canal Weather.com fez uma lista de 10 lugares selecionados no Brasil e destacou São Miguel das Missões entre eles: "São Miguel Das Missões, in the southern Brazilian state of Rio Grande do Sul, is home to the remains of one of the Jesuit Missions of the Guarani that are listed by UNESCO as a World Heritage Site. Founded in the 18th century, the mission was part of the Jesuits' efforts to convert the indigenous Guarani population and to protect them from Spanish and Portuguese slave traders. Despite their efforts, the Spanish and Portuguese slave traders eventually conquered and the Mission was abandoned."

No Vietnã São Miguel das Missões foi citada: "Nhà thờ Sao Miguel das Missoes được xây dựng vào những năm 1700 bởi người Guarani bản địa sẽ đưa bạn về không gian cổ xưa từ những năm của thế kỷ 17." (http://blogdulich.com.vn/v1086/Nhung-diem-den-thien-duong-o-Brazil-du-khach-ma-khong-nen-bo-lo.html)

O canal UOL publicou: "Às vésperas da Olimpíada, CNN elege 20 dos destinos mais lindos do Brasil" (http://viagem.uol.com.br/album/2016/08/01/as-vesperas-da-olimpiada-cnn-elege-20-dos-destinos-mais-lindos-do-brasil.htm#fotoNav=3)

E sites como o Travel Tips citaram as Missões entre os destinos paradisíacos e imperdíveis: http://bettertraveltips.com/destinations/destinations-paradise-brazil-tourists-not-miss/

A divulgação ocorreu também nos sites Hittheroad, Travel3, jornal Zero Hora, entre diversos outros meios eletrônicos.

Além disso, a passagem da Tocha Olímpica por algumas cidades missioneiras chamou atenção da mídia televisionada e eletrônica a nível nacional: http://qz.com/750794/photos-the-olympic-torchs-incredible-three-month-journey-across-brazil/

E ainda, durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, os patrimônios mundiais da Humanidade estão sendo expostos na Casa Brasil:



7 de agosto de 2016

Uma Pousada temática


O grande diferencial da Pousada das Missões é um conceito inovador que une os preços baixos, as experiências de um hostel e todo o conforto e tranquilidade de uma pousada. Além disso, em cada ambiente há referência à história das Missões. A tematização rendeu um prêmio estadual para a pousada. Na Pousada das Missõesvocê encontra informações históricas, arquitetura e elementos da decoração relacionados com a história Jesuítico-Guarani.

19 de julho de 2016

Missões Jesuíticas no Santander Cultural

A história das Missões Jesuítico-Guaranis estará em destaque em um dos maiores e mais importante centros culturais do Rio Grande do Sul.
No próximo dia 31  de junho, será realizado o Seminário Histórico-Cultural Missões, no Santander Cultural em Porto Alegre, RS. Missioneiros e gaúchos de todas as querências estão convidados a conhecer a história missioneira.


Santander Cultural, Cultura; Porto Alegre; Programação; final de semana; 31/07 31/07/2016 Porto Alegre; Missões Jesuíticas; Guaranis; Turismo

9 de julho de 2016

Como foi a passagem da Tocha olímpica pelas Missões

No dia 4 de julho, segundo dia da passagem da tocha olímpica pelo Rio Grande do Sul, a chama esteve em quatro cidades do noroeste do Estado. Começou a segunda-feira em Santo Ângelo e depois seguiu para São Miguel das Missões, onde foi recebida por índios guaranis, com apresentações culturais, no sítio arqueológico de São Miguel Arcanjo, patrimônio histórico e cultural da humanidade.

O dia se iniciou com uma operação especial no município de São Miguel das Missões. Dois condutores representativos da comunidade se revezaram no Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo.

No Centro Histórico de Santo Ângelo, a chama Olímpica foi recepcionada por diversos grupos, que vão compor um corredor humano representando a união de todos os povos. O último condutor da cidade foi o cacique Floriano. No centro histórico missioneiro, ele passou pelos arcos dos 30 Povos das Missões seguindo até a escadaria da Catedral, onde foi recebido pela comunidade e pelo coral da aldeia Tekoá Pyaú.







Conheça os Condutores da Tocha:

- Aniceto Gonçalves Ferreira, 34 anos, é o cacique da Aldeia M'bya Guarani de São Miguel das Missões. Representante das raízes históricas e culturais do município, Aniceto foi condutor da tocha Olímpica em São Miguel das Missões.

- Valter Rodrigues Braga, o Valtinho, tem 52 anos. Ele transformou sua casa no Ponto de Memória Missioneira. Valtinho conduziu a tocha em São Miguel das Missões.

- Floriano Romeu, 51 anos, é membro da aldeia guarani Tekoa Pyaú. Floriano conduziu a tocha em Santo Ângelo.


No Rio Grande do Sul, o fogo olímpico percorreu 28 municípios entre domingo (3) e hoje (9). Foram 2,5 mil quilômetros por terra, ar e água, passando por Erechim, Passo Fundo, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Torres. 


3 de julho de 2016

Tocha Olímpica amanhã em São Miguel das Missões

A Chama Olímpica é um importante símbolo dos Jogos Olímpicos. Representa a paz, a união e a amizade. A tocha, por sua vez, é usada para passar a chama de um condutor para o outro durante o revezamento até o acendimento da pira na cerimônia de abertura dos Jogos.

No Rio Grande do Sul, além dos eventos de revezamento, está prevista também uma operação especial amanhã em São Miguel das Missões.

No sítio arqueológico de São Miguel Arcanjo, nas Ruínas de São Miguel, o dia é dedicado a um evento específico chamado pela organização de Photo Opportunity, onde ocorre uma celebração de integração entre o patrimônio histórico da humanidade com o símbolo olímpico.



O circuito oficial do deslocamento entra hoje no estado do Rio Grande do Sul e passará por Erechim, Passo Fundo, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Torres.


Confira a programação completa do revezamento no território miguelino: